O persa é uma das línguas mais antigas do mundo (conhecida desde o século VI a.C) do grupo indo-europeu, ou indo-ariano; originária da região de Pars (atual província de Fars, no sudoeste do Irã) de onde deriva seu nome.
O persa moderno, falado atualmente no Irã, deriva do persa médio (330 a.C. – 651 d.C.), que por sua vez deriva do persa antigo (550 – 330 a.C) que era escrito com  uma variante do alfabeto assírio. Com a conquista islâmica no século VII, o persa passou a adotar o alfabeto árabe com algumas letras adicionais, e alguns fonemas adaptados (devido a grande diferença por ser o árabe uma língua semítica).
Atualmente, o persa ou farsi é falado por mais de 40 milhões de pessoas no Irã, 5 milhões de falantes no Afeganistão, onde é conhecido como dari e no Tadjiquistão, onde é conhecido como tajik (escrito em caracteres cirílicos). O persa também é falado por minorias do Iraque, Uzbesquistão, Turquia, Emirados Árabes, Bahrein, e pelas comunidades de expatriados ao redor do mundo.

 

  • Exemplos de palavras em português derivadas do persa: xale, pijama, tafetá, cáqui, quiosque, divã, lilás, jasmim, chacal, caravana, bazar, xeque-mate e dervixe.

 

PERSA ou FARSI??

 
A língua oficial do Irã, para nós brasileiros, que falamos português é chamada de  PERSA. Farsi é a palavra usada pelos iranianos para se referir à sua própria língua.
Portanto dizer: “Eu falo farsi”, é o mesmo que dizer por exemplo, “eu falo English“, referindo-se ao inglês.
 

💻 SIGA O PROJETO APRENDENDO PERSA NAS REDES SOCIAIS: